terça-feira, 25 de janeiro de 2011

I can't breath

Sinto como se estivesse flutuando sobre um mar imundo e, de repente, caísse, sendo obrigada a mergulhar em meio à toda aquela poluição. Não tenho fôlego. Não tenho forças. E não posso dizer nada, apenas sentir. Não posso falar, mas meu coração pede socorro.

Cada vez mais.
Afogada.

4 comentários:

Tainã disse...

Sei bem como é essa sensação. Angustiante.
Como sempre, você arrasou :)

Gabriela Freitas disse...

Entendo como você se sente e sei bem o quanto é horrivel sentir-se desta maneira.

Tainã disse...

THAAAAÍS, dois selos pra você!
Pega lá :)

Victor Biasone Fernandez disse...

selo pra vocÊ :D

www.cavernadopensamento.blogspot.com

Ocorreu um erro neste gadget