sábado, 8 de janeiro de 2011

Não.

Sim, sou covarde. Posso ser a pior pessoa deste mundo, sem todos aqueles sentimentos que tinha antes dentro de mim. Posso estar sendo insensível e imatura. Mas, peço, não cobrem de mim mais do que posso oferecer. Não exijam mais responsabilidade do que cabe à mim naturalmente.

Simplesmente não posso.

1 comentários:

deia.s disse...

Legal, intenso!
Parabéns! :*

Ocorreu um erro neste gadget