segunda-feira, 31 de maio de 2010

Caminho

Há algo que ilumina o escuro do quarto?
Um clarão do lado contrário, na hora inexata...
Parecia sempre haver um novo agora, onde?

Rever, reler, alma indecifrada
Coração sincero, indeciso, repetido.
Tudo o que há já se foi,
tudo o que se foi virá e ver-se-á algum dia, quem sabe..

eu sei?

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget