segunda-feira, 8 de novembro de 2010

contradição

Posso compreender, embora não saiba aceitar. Se tudo foge ao meu controle, se não cabe a mim decidir ou entender, se não é possível prever ou consertar um erro... Talvez eu não tenha mesmo que aceitar.
Mas, às vezes, penso que também não sou capaz de compreender. Reflito, tento enxergar em mim mesma um erro. Está em mim? Pensar demais sobre tais coisas leva minha auto-estima ao fundo do poço. Prefiro esquecer, apenas por um momento de tranquilidade.
Estou sóbria, olho ao redor e vejo que, pra todo desacerto, há um passo a ser dado em reparo. Mas não quero ser assim tão otimista - perdi meu talento. Fingir que está tudo bem ou tornar tudo ainda pior?

Só espero.

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget