quarta-feira, 21 de abril de 2010

"Conversa de botas batidas"

- Alô?
- tum tum.... tum tum..
- Alô?
- ...
- Quem quer falar, por favor?
- a..m..
- Oi?
- a..m..o
- ...
- r...
- Quem??
- Você entendeu!
- Não, não entendi.
- Entendeu..
- Se entendi, há muito já me convenci de que você não existe. Não dessa forma!
- Existo. Estou a lhe falar no momento.
- Então por onde esteve todo esse tempo?
- Tô por aí..
- É, também tô por aqui. À propósito, não adianta, você não existe.

9 comentários:

Yasmin de Oliveira disse...

entendi nada =/ auheuhauehuahe

Thaís disse...

huahueahuehua ainda bem! xD

Rubens disse...

2

Thaís disse...

ainda bem! xD [2]

Yasmin de Oliveira disse...

sacanagem, Thaís.. vc escreve pra gente ficar com cara de tacho. xD
auheuahuehuaeuahueha
jacurebinha!

it's bella, bitch. disse...

sinto que entendi. é.

Márcio Viana disse...

Se inspirou na música pra criar? Por que não manda para a Mojo Books, como single? Seria bacana...

www.mojobooks.com.br

Thaís disse...

ne não Jacureba, mas nem se eu quisesse conseguiria explicar esse trem aí. É tão auto-explicativo =S

e Márcio, gostei da ideia, mojo é mto bacana, mas isso nem tá bom pra mandar pra lá..

Márcio Viana disse...

Não acho que esteja ruim pra mandar pra lá, não. Gostei do texto. Se arrisca!

Ocorreu um erro neste gadget